quarta-feira, 25 de novembro de 2009

CITAÇÕES DE PLATINA [XIX]


«Quem é que não conhece a tentação malévola de, ao contemplar um belo vaso de porcelana vidrada, o poder fazer em mil pedaços com uma única pancada? Elevada à potência de heroísmo do azedume, que nos diz que nesta vida não podemos confiar em nada que não seja sólido e seguro, essa tentação constitui um sentimento essencial da sobriedade da ciência; e se, por deferência, não chegamos a dizer que é o diabo, não deixamos de sentir por aí um leve cheiro a enxofre.»

Robert Musil

In O Homem sem Qualidades (1930). Trad., prefácio e notas de João Barrento. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 2008, vol. 1, pp. 408‑409.


Etiquetas:

0 Leituras da Montr@:

Enviar um comentário

Montr@ das Leituras:

Criar uma hiperligação

<< Home